Portugal é grande quando abre horizontes

12
Mai 09

 

Acabo de sair de um jantar em Bruxelas, onde os jornalistas eram a maioria. Falaram da Europa, da falta de interesse dos cidadãos europeus pelas questões comunitárias, de quão difícil é convencer os editores dos jornais a darem espaço aos assuntos vindos de Bruxelas, da falta de protagonismo político dos principais responsáveis da Comissão. É tudo muito "função pública", não há picante nem histórias humanas.

 

Um dos jornalistas disse mesmo que as instituições europeias vivem fora das preocupações das pessoas. Os próprios belgas de Bruxelas não sabem bem para que serve a Comissão.

 

Existe uma falta visível de contacto com as pessoas. Não se pode confundir a população com os políticos. É isso que tem estado a acontecer. Trabalha-se com a preocupação de agradar ao Presidente ou Chefe de Governo do país A ou B. Não podemos continuar assim. 

 

A Europa existe para os povos.

 

publicado por victorangelo às 21:50

twitter
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

15

21




<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO