Portugal é grande quando abre horizontes

03
Jul 09

 

A Visão que saiu ontem tem um texto meu sobre o discurso do Presidente da França ao parlamento reunido em congresso. Nicolas Sarkozy procurou um palco histórico para fazer aquilo que ele pensava ser um discurso para a História. Com uma remodelação do governo francês no dia seguinte ao do congresso, o Presidente acabou por desviar as atenções para o banal, para as personalidades que entraram e saíram. Os jornais acharam mais graça à chegada de Mitterrand ao Conselho de Ministros do que a umas ideias sobre o futuro da França.

Como uma desgraça nunca vem só, surgiu, logo de seguida, a morte de Michael Jackson. O discurso acabou por desaparecer de vez das linhas de mira dos media. Jackson era um verdadeiro Rei. Sarkozy tem apenas pretensões. E o povo quer circo, que o espectáculo da política é coisa menor.

publicado por victorangelo às 20:36

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


twitter
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



30


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO