Portugal é grande quando abre horizontes

01
Ago 09

 

Dizem-me que os preços dos apartamentos mais pequenos, uma espécie de T1 com 40 metros quadrados,  baixaram, em termos médios, de cerca de 25%. Com 750 000 dólares já se pode comprar qualquer coisa em Manhattan, uma sala e um quarto.

 

Certos jovens, com os dentes afiados e grande agilidade mental, perderam os empregos que tinham nas empresas financeiras que vivem à volta de Wall Street. Estão actualmente numa situação de bancarrota. Compraram, nos dias fáceis, apartamentos que custaram 5 milhões de dólares. Hoje, esses andares valem, quando aparece comprador, o que é raro, metade desse valor. O condomínio custa uma fortuna cada mês, vários milhares de dólares. E não há dinheiro para suportar esse custo. É a derrocada.

 

Mas, pelo menos, há optimismo, de novo. Muita gente pensa que o pior da crise já passou. Que as políticas de Obama estã a dar resultado. Veja-se os dados do PNB, ontem divulgados.

 

Encontrar maneira de sobreviver este período, até à recuperação económica, é o drama do quotidiano. Amanhã a vida voltará a correr bem. Mas é preciso lá chegar.

 

Um drama que não impede os bons restaurantes de continuar cheios. Um jovem de Nova Iorque nunca come em casa. Mesmo se está na bancarrota.

publicado por victorangelo às 16:11

twitter
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11

19




<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO