Portugal é grande quando abre horizontes

30
Jan 10

 

Copyright V.Ângelo

 

Este canto do deserto, o leito de um wadi, ou seja, de um rio que só tem água umas horas ou uns dias por ano, na estação das chuvas, lembra a quem anda nestes combates que há sempre maneira de encontrar um pouco de sombra e de frescura, mesmo nos espaços mais recuados.

 

A vida que me conduz, sim é a vida que dita o meu dia a dia, é feita de momentos muito tensos e áridos. Trabalhar com governos em terras da lei da força é uma tarefa desgastante e, quantas vezes, ingrata. Por isso, um pouco de sombra, um pensamento mais suave, um imaginar a doçura do viver, tudo isso tem que ser saboreado sem pressas.

 

Fora isso, foi um dia de estratégia. Formular uma estratégia com gente esperta é um encanto. Uma campanha nos media. Um plano de transição. Uma maneira de sair do impasse. Talvez não vá muito longe. Mas mantém as portas abertas. Que é o fundamental, numa situação de conflito. Como também é fundamental não dar a entender que se perdeu a calma. A serenidade é uma arma de combate.

 

 

publicado por victorangelo às 20:25

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


twitter
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO