Portugal é grande quando abre horizontes

04
Fev 10

 

Estamos num momento de fractura do nosso sistema de governação. Tempos de muita gravidade. Os principais actores políticos portugueses entraram num novo patamar de descontrolo emocional, que provoca crises atrás de crises, pela simples razão dessas pessoas se odiarem. Em vez de discutirem ideias, lançam farpas. À força de as lançar, perdem o sentido da razão. Deixam de ser racionais. Tornam-se meros caceteiros em exercício na praça pública. Perde-se a noção do interesse do Estado. Esquece-se o que é essencial para melhorar a vida de todos nós e garantir o nosso lugar no Mundo, como Nação, numa cena internacional cada vez mais complexa. É o caos.

 

Há que ver a realidade como ela é. Com estes dirigentes, Portugal vai continuar a afundar-se. Não há outra solução. Estes protagonistas têm que sair do sistema.

publicado por victorangelo às 18:02

Mas enquanto o sistema for este e o povo continuar a votar neles, como havemos de os obrigar a sair?
Gi a 4 de Fevereiro de 2010 às 19:42

O nosso burgo anda de mal a pior, mas acho que estamos a chegar ao fundo, então é melhor que seja já. Que tal teletransportar todos os maus actores políticos , para um planeta desabitado, instalar câmaras e ter um canal televisivo a facturar, para pagar a divida nacional? aposto que toda a gente pagava e andava mais bem disposta!
mar a 5 de Fevereiro de 2010 às 20:39

twitter
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10


22



<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO