Portugal é grande quando abre horizontes

17
Jan 09

Na VISÃO desta semana escrevo sobre as duas vertentes que orientaram a política africana da Administração Bush: combater o terrorismo, com uma atenção especial centrada nas regiões definidas pelo deserto do Sahara e pelo Sahel;  e assegurar o acesso a fontes importantes de produção de petróleo em África, tendo sobretudo em conta a concorrência vinda do lado da China. Pequim apareceu em África, nos últimos anos, com um peso enorme, e uma grande preocupação pelo controlo das fontes energéticas.

 

As questões do desenvolvimento, dos direitos humanos e da boa governação foram perdendo importância na agenda dos Estados Unidos, desde o início da década.

 

O desafio, para Obama, e' o de voltar a focar as atençõoes nas questões centrais que são a democracia, os direitos humanos, a luta contra a pobreza e a melhoria da saúde pública e da educação em África.

 

 

publicado por victorangelo às 18:23

 

Copyright V. Ângelo

 

 

Uma passagem pelo deserto.

 

O verdadeiro, não o da aridez política portuguesa.

 

Também não e' o deserto do mestre Lino.

publicado por victorangelo às 00:27

twitter
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15




subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO