Portugal é grande quando abre horizontes

08
Mar 09

 

Por detrás da mulher há um homem que espreita...C'est plus fort que lui!

 

 

O sorriso, a curiosidade e a luz.

 

Copyright  V. Ângelo

publicado por victorangelo às 21:53

 

Copyright V. Ângelo
 
 
A aldeia fica de fora, do lado direito. Depois de duas horas de condução nas dunas, encontra-se este povoado, com cinco ou seis famílias. Famílias extensas. Mas sobretudo feitas de velhos, mulheres e crianças, que os homens estão ao serviço das armas, o único emprego que os faz sair destas areias sem.
 
As árvores do wali -- curso de água temporário, que corre apenas umas horas por ano, na altura das chuvas – dão vida aos camelos e cabras, e lenha para a cozinha. E' um equilíbrio muito precário, que só funciona se houver pouca gente,  hábitos de consumo muito simples,  e a dimensão dos rebanhos for controlada. E' precisamente este o problema. Há cada vez mais camelos e outros ruminantes. A pressão sobre os recursos naturais está a atingir níveis insustentáveis. Mesmo nesta parte do globo!
 
 
 
 
 
 
publicado por victorangelo às 08:03

twitter
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO