Portugal é grande quando abre horizontes

19
Abr 09

 

O discurso do Presidente da República de 17 de Abril, na altura da abertura do 4º Congresso da Associação Cristã de Empresários e Gestores, vale a leitura. É franco e claro, não um somatório de recados como o outro senhor o quer fazer crer, fala do Portugal das injustiças, dos problemas estruturais,  da necessidade de uma política de verdade, solidária e que promova a coesão social.

 

O moço de recados não gostou. É que a franqueza não dá muito jeito em matérias de política partidária. Para um partido de poder, tudo tem que ser rosa e brilhantemente positivo

publicado por victorangelo às 21:51

 

Na política, o que parece é.  Mas, as verdadeiras razões são sempre outras, escondidas por detrás do teatro e das palhaçadas. A televisão é, por si só, um convite ao espectáculo enganoso.

 

Não convém perder de vista estas verdades, nem mesmo quando se está perante as mordidelas secas das velhas raposas.

publicado por victorangelo às 14:16

twitter
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

15




subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO