Portugal é grande quando abre horizontes

31
Jul 09

 

 

Ontem passei o dia em reuniões com a nova Administração americana em Washington. Comecei  na Defesa, segui para o Departamento de Estado, depois a Casa Branca e o Conselho Nacional de Segurança, finalmente, o Congresso, o Senado, primeiro, depois, os Representantes.

 

Respira-se, acreditem, um ar novo em Washington. As pessoas com poder são bem mais jovens, ou, pelo menos, mais arejadas. Há um interesse genuíno nas grandes questões internacionais. Vontade de cooperar com os outros parceiros. Um espírito de abertura que é novidade.

 

Até a cidade parece diferente.Mais descontraída.

 

Europa tem toda a vantagem em trabalhar com esta administração de uma maneira mais construtiva. Tem também que se preparar melhor para o embate. A gente que encontrei nos diferentes gabinetes sabe o que quer e do que está a falar.

 

 

publicado por victorangelo às 18:56

 

O meu texto na VISÃO desta semana aparece no link

 

http://aeiou.visao.pt/desafios-incontornaveis=f523831

 

Como estava no meio de milhares de afazeres, com a estada em Nova Iorque a encher-me o tempo todo, acabei por enviar o texto sem lhe dar um título. Esquecimento de quem tem a cabeça cheia de setas a apontar para direcções opostas. O meu editor na Visão batizou o rascunho como sendo "Conflitos Incontornáveis".

 

Estou de acordo, claro. São incontornáveis. Não podem ser ignorados. Mas a verdade é que tendem a passar despercebidos.

 

 

publicado por victorangelo às 12:36

twitter
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



30


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO