Portugal é grande quando abre horizontes

06
Out 09

 

Massas de ar, carregadas de água, a fugir na direcção de Espanha e vento de trazer fantasmas, a assobiar os desesperos dos frios que nos ameaçam, assim começa a noite lisboeta de hoje. É como na política. Convém não andar exposto, quando o tempo é de tempestade.

 

E manter a serenidade.

publicado por victorangelo às 18:49

twitter
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15
16


26


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO