Portugal é grande quando abre horizontes

18
Out 09

 

A minha escrita diária tem sido prejudicada pelas muitas viagens em que ando metido.

 

Acabo de passar uns dias ao Sol, nas terras quentes da fronteira com o Sudão. Levei comigo um pequeno grupo de embaixadores. Pessoas importantes, representando os grandes da cena internacional. Gostaram da volta. Estiveram em campos de refugiados e em áreas ocupadas por deslocados internos, viram as ONG em acção, as Nações Unidas e os nossos soldados e polícias. Aperceberam-se de que o ano agrícola foi mau. A maior parte das espigas ficaram secas, a meio caminho da germinação. Nem vale a pena proceder à sua colheita. Vamos ter um período de fome, dentro de pouco tempo. Uma crise humanitária que se irá juntar à de segurança.

 

Viram muita miséria. O embaixador chinês, que acaba de chegar a África, nem queria acreditar.

 

Os problemas, aqui por estas terras, nunca faltam.

 

 

publicado por victorangelo às 23:08

twitter
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15
16


26


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO