Portugal é grande quando abre horizontes

07
Out 09

 

Muita estrada.  Assim é a vida.

 

A política também é uma viagem.

 

É preciso respeitar as regras e ter em atenção as loucuras dos outros.

 

Muitas vezes disse a Mugabe e aos seus homens que a "reforma agrária deles " era como uma viagem de longo curso em que o código da estrada não era respeitado, se avançava mesmo quando as luzes estavam bem vermelhas, toda uma condução fora de mão. O caos, na estrada.

 

 

 

 

 

 

publicado por victorangelo às 20:30

06
Out 09

 

Massas de ar, carregadas de água, a fugir na direcção de Espanha e vento de trazer fantasmas, a assobiar os desesperos dos frios que nos ameaçam, assim começa a noite lisboeta de hoje. É como na política. Convém não andar exposto, quando o tempo é de tempestade.

 

E manter a serenidade.

publicado por victorangelo às 18:49

05
Out 09

 

Um dia de Outono, em Lisboa, nestes 99 aniversários da República.

 

O cinzento do comentário maldoso foi da autoria do Chefe Primeiro, que espetou uma farpa azeda no homem de Belém, ao dizer que a tradição exige que se vá aos Paços do Concelho, quando se comemora a implantação.

 

Os políticos grandes têm grandeza de espírito. Os boxistas da política, por seu lado, tentam aproveitar todas as oportunidades para dar uns murros. O povo, por sua vez, confunde murros com agilidade e argúcia. Gosta do espectáculo da porrada. Apoia.

 

Estamos no mau tempo de uma maralhada pequenina. Ou, como diria o outro, há tempestade no Mar da Palha.

publicado por victorangelo às 20:00

04
Out 09

 

Fica-se, muitas vezes, com a impressão que muitos Portugueses são simplesmente trapalhões, preguiçosos, estreitinhos e incompetentes. Esta parece ser uma das nossas características, quando temos as costas quentes e bons padrinhos políticos. Aliás, a cunha continua a ser, como já o fora no tempo do Salazar, o principal factor dos pequenos e grandes sucessos nas vidas de muitos de nós.

 

Junte-se uma pitada de manobrismo, para completar o quadro.

 

Também há os que são competentes, trabalhadores e bons líderes. Poderiam ser mais.

 

 

publicado por victorangelo às 23:05

03
Out 09

 

A sociedade portuguesa precisa de uma reviravolta cultural, para permitir aos cidadãos readquir o sentido das responsabilidades e dos valores cívicos.

publicado por victorangelo às 23:14

02
Out 09

 

 

Copyright V. Ângelo

 

A piroga está a atravessar a fronteira. Vem da RCA, a República Centroafricana. Deste lado, estamos no Chade.

 

Na estação seca, são precisos três dias para chegar, quer se venha de Bangui ou de N´Djaména. Nesta altura do ano, só se consegue assentar os pés neste sítio se  uma parte do trajecto for feita de mota e piroga. Põ-se a mota em cima da piroga, em certos locais, para que se possa atravessar.

 

Eu vim de helicóptero.

 

Mas mesmo de helicóptero, é uma carga de trabalhos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por victorangelo às 20:38

01
Out 09

 

A resolução dos conflitos internacionais passa pelos contactos directos entre as várias partes interessadas, pelo diálogo e pela compreensão dos interesses de cada lado. O meu texto da VISÃO on-line de hoje é dedicado a este tema.

 

Escrevo a partir de uma perspectiva mais ampla da vida e das questões do nosso tempo. Creio que é bom abrir horizontes, numa altura em que a política portuguesa está cada vez mais reduzida ao que não tem importância.

 

http://aeiou.visao.pt/andancas-e-falas-mansas=f531279

 

Foi um texto escrito num TGV, entre Paris e Londres. O bilhete em classe económica custou 174 Euros. Convém ter presente estes valores, para que se perceba o que significa ter alta velocidade que funcione. Será que o português médio pode gastar um montante semelhante num bilhete de comboio?

Assunto para reflectir.

publicado por victorangelo às 19:07

twitter
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15
16


26


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO