Portugal é grande quando abre horizontes

09
Nov 09

 

As ONG francesas são as que mais criticam a MINURCAT, a missão da ONU na RCA e no Chade, bem junto ao Darfur.  Dizem que a missão, que tem como função fundamental a segurança dos humanitários, não conseguem mobilizar todos os soldados de que que precisa, que os que chegam são fracos -- não são tropas europeias, é verdade...-- e que a insegurança no Leste do Chade é cada vez maior.

 

Tudo para dizer que o trabalho das tropas da UE, no quadro da EUFOR, era bem superior. 60% dessas tropas eram constituídas por contingentes franceses.

 

Agora, não temos praticamente nenhum soldado francês. Critica-se, mas onde está a contribuição gaulesa?

 

publicado por victorangelo às 21:18

twitter
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14





subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO