Portugal é grande quando abre horizontes

26
Fev 10

 

Dia Santo para os Muçulmanos: Mawlid an-Nabi, o dia do nascimento do Profeta. Uma data muito importante, para os crentes.

 

Passei o dia fechado em salas de negociações. O que não me impediu de pensar, em determinada altura, talvez num momento de desespero, quando alguém estaria a apresentar o cenário ou opção número vinte e tal, que a Europa e o mundo islâmico não conseguem estabelecer uma relação mais tolerante entre si. São duas civilizações que se desconhecem. Que não fazem um esforço de compreensão mútua. As opiniões sobre os outros são baseadas em estereotipos.

Na Europa, a questão da integração dos imigrantes de religião muçulmana e a candidatura da Turquia à UE são dois assuntos que continuam por resolver. Dois temas fracturantes. 

 

Do lado islâmico, a intolerância e a exclusão são a regra, tal como acontece na Europa, mas com um sinal contrário. Tenho assistido a uma radicalização da política internacional dos Estados islâmicos. A tendência para se fecharem em relação ao resto do mundo, nesta era da globalização, é cada vez mais acentuada.

 

É tempo de começar a pensar em encontros regulares e bem preparados entre a UE e a OCI (Organizaçõa da Conferência Islâmica).

 

 

publicado por victorangelo às 21:44

twitter
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10


22



subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO