Portugal é grande quando abre horizontes

17
Abr 10

Copyright V. Ângelo

 

Tivemos um belo dia, hoje, em Bruxelas. De manhã, cortei a relva, à tarde tirei esta fotografia. A pensar nos meus amigos em Portugal, que estiveram a sofrer com o mau tempo.

 

Entre uma coisa e outra, passei algum tempo a observar as eleições na Grã-Bretanha. Uma amiga minha, bem Inglesa, disse-me, a propósito, que o nome do país deveria mudar, para passar a ser apenas Bretanha, que as grandezas eram coisas do passado. Já não faz sentido falar na grande, quando tudo é bem mais pedestre, curto de horizontes e sem lustro.

 

O comentário revela a desilusão em que muitos Ingleses vivem. Também é verdade que, nos últimos tempos, os Ingleses têm feito menos turismo em Portugal. Se tivessem visto a nossa situação, sentir-se-iam mais optimistas e menos inquietos com a sua própria crise.

publicado por victorangelo às 22:37

 

Ontem, falei na RDP África sobre um conjunto de questões da actualidade. Foi um discorrer entre amigos, com as preocupações do ouvinte sempre presentes, para que a conversa pudesse ter algum interesse. 

 

Tratou-se da minha segunda entrevista radiofónica da semana. Segundo entendi, os níveis de escuta nos PALOP e em Timor-Leste foram muito elevados.

  

 

 

Pode ser ouvida no sítio:

 

 http://ww1.rtp.pt/multimedia/index.php?prog=2099

 

Aconselho a quem se apaixona por questões africanas.

 

 

publicado por victorangelo às 07:11

twitter
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



30


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO