Portugal é grande quando abre horizontes

28
Abr 10

 

A minha visita à Escola Marquês de Pombal, na cidade do mesmo nome, foi uma experiência muito positiva. Foi como passar umas horas a respirar oxigénio puro. Tudo muito bem organizado, uma escola a funcionar bem, alunos motivados e com os olhos abertos, a querer ver para além das pequenas fronteiras que nos rodeiam e a tentar perceber o mundo que os espera. Um corpo docente dedicado, entusiasta e aberto a ideias novas.

 

Os alunos do 9º ano haviam organizado, em ligação com o Conselho Directivo, uma sessão sobre a política internacional, os direitos humanos e a ONU. Fui convidado a fazer uma apresentação, com base na minha experiência pessoal. Seguiram-se várias perguntas, todas muito bem preparadas, que as raparigas e os rapazes tinham levado a coisa a sério. Até citações do meu blog fizeram. Não me pouparam e eu fiquei contente por isso. As perguntas sobre as questões internacionais tocaram o papel das mulheres no desenvolvimento, as crianças-soldados, os problemas da paz, o Irão, a reforma do Conselho de Segurança das Nações Unidas, a cooperação entre os Estados, enfim, toda uma série de temas que não eram de modo algum triviais. Revelavam uma boa compreensão do que é importante.

 

O Presidente da Câmara de Pombal participou igualmente na sessão. Queria ouvir-me. Mas devo dizer que também falou e falou com alma.

 

Com jovens assim fica-se com mais esperança em relação ao futuro de Portugal.

 

 

publicado por victorangelo às 23:31

twitter
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



30


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO