Portugal é grande quando abre horizontes

02
Mai 10

Portugal vai emprestar 2064 milhões de Euros à Grécia, como parte do pacote EU/FMI. É um empréstimo a sério, ou meramente virtual, para poder justificar a participação de outros países, que 'a partida estavam mais relutantes em ajudar?

publicado por victorangelo às 21:36

Estamos em plena crise.

 

Como todas as crises, convém começar por uma reflexão sobre a nossa responsabilidade na geração da crise. Até porque a solução passa primeiro por nós, mesmo quando os outros, os de fora, tentam dar uma ajuda. Esta foi a metodologia que segui quando, em vários países, tive que lidar com crises. Começava sempre por tentar ajudar os líderes a reflectir sobre as causas domésticas da situação. É verdade que politicamente, na base do populismo que é a linha que inspira muitos dirigentes, é mais fácil explicar as coisas com base na maldade dos outros.

 

Vem isto na continuação do que por aí se diz sobre o papel dos especuladores e do seu conluio com as agências de notação. A reacção fácil é apontar o dedo nessa direcção. Sacode-se a responsabilidade do nosso capote. Ouvimos vários ministros, pensadores, comentaristas, eurocratas, sindicalistas, parlamentares, dizer que a culpa vem dos especuladores e que as agências têm uma agenda, relacionada com os jogos de mercado, com os favores que fazem ao grande capital internacional.

 

E nós? Não temos nada a ver com as raízes da crise económica que Portugal atravessa?  

publicado por victorangelo às 09:27

twitter
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

22




subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO