Portugal é grande quando abre horizontes

03
Jul 10

Voltar a Évora, voltar 'as raízes. Mesmo sendo a correr. Só que a cidade está com um movimento reduzido. Poucas visitas, menos turistas. Apenas uns espanhóis, não dá para o petróleo. A crise. O desalento de uma economia sem fôlego. Apesar de algumas iniciativas, de gente que não quer ver-se sem ânimo.

publicado por victorangelo às 22:11

twitter
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

17




subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO