Portugal é grande quando abre horizontes

22
Out 10

José Luis Zapatero mostrou, desde que é chefe do governo espanhol, que não hesita, quando se trata de proceder a remodelações governamentais. Acaba de fazer mais uma. A sexta remodelação desde Marco de 2004.

 

Não foi um câmbio cosmético. Vários ministros importantes foram substituídos, para sua grande surpresa. Um deles foi Miguel Angel Moratinos, que estava há seis anos e meio à frente dos assuntos exteriores.

 

O novo governo irá, se não for mudado antes, preparar as eleiçõesde 2012. Serão eleições muito difíceis para o PSOE.

 

Para já, a nova equipa vai reforçar a comunicação social, a informação pública, trabalho que caberá ao novo homem forte, Alfredo Pérez Rubalcaba, a coordenação interministerial e o combate ao terrorismo, visando sobretudo a ETA. É um governo com menos titulares e de austeridade.

 

Num total de 16 elementos, incluindo Zapatero, 7 são mulheres. Para além de Elena Salgado, que ocupa a pasta de segunda vice-presidente do governo, bem com das finanças, uma outra está nos assuntos exteriores e outra na defesa. São postos de grande importância.

publicado por victorangelo às 20:12

twitter
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



25



subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO