Portugal é grande quando abre horizontes

27
Jan 12

Estive hoje com um grupo de estrangeiros que trabalham e vivem em Portugal, mas com um salário internacional. Estavam todos de acordo que o nosso país é um paraíso, para expatriados com um estatuto internacional. Dá para viver à grande e aproveitar os dias de Sol, como o de hoje. 

 

Ontem, havia falado com um empresário estrangeiro que tem interesses comerciais em Portugal há vários anos. Disse-me que ter uma empresa em Portugal é um quebra-cabeças. A burocracia é um inferno. As reuniões de trabalho com funcionários públicos e outros afins são lentas e de resultados incertos. Os compadrios são a regra do jogo. E a qualidade dos serviços e bens produzidos é, frequentemente, sacrificada no altar do lucro fácil e batoteiro. 

 

Duas versões diferentes. No primeiro caso os interessados contam com um salário certo e alto. No segundo, é a concorrência e a competição económica que contam. 

 

publicado por victorangelo às 22:27

twitter
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

19


30


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO