Portugal é grande quando abre horizontes

05
Fev 12

Os veto russos e chinês, no Conselho de Segurança da ONU, continuam a suscitar uma onda de indignação. Melhor dizendo, um tsunami. Sobretudo por que todos os outros membros do Conselho votaram a favor da moção condenatória do regime criminoso de Bashar Al-Assad. 

 

A partir de agora, as opções são claras: ou vamos continuar a negociar com os russos e os chineses, nas esperança de os convencer a mudar de opinião; ou organizamos uma coligação de países árabes e de estados ocidentais, capaz de apoiar, à revelia do Conselho de Segurança e de um modo activo, as forças de oposição. 

 

Que preferem?

 

publicado por victorangelo às 21:35

twitter
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

18


27


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO