Portugal é grande quando abre horizontes

28
Fev 12

Sempre que vou à Suíça fico alojado a cerca de 30 km de Genebra, no Cantão de Vaud. O hotel fica à beira do Lago Léman, numa zona rural.

 

Existem vários restaurantes para gente exigente, nas diferentes aldeias vizinhas. As minhas deslocações incluem uns jantares oficiais. Curiosamente, as refeições são sempre acompanhadas por vinhos da região, muitas vezes mesmo da aldeia onde se situa o restaurante. Os anfitriões suíços, gente que conhece o mundo e num dos casos, grande produtor de vinho na Califórnia, não hesitam: a escolha é para uma pinga da terra. 

 

Até aí, nada de especial. O problema é que estes vinhos do Vaud são, em geral, de fraca qualidade. Mas, mesmo assim, não há hesitações. Bebe-se, o que a terra produz. Embora os anfitriões tenham consciência que há melhor opções.

 

Quanto ao preço, esse sim: é de alto valor. 

publicado por victorangelo às 20:52

twitter
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

18


27


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO