Portugal é grande quando abre horizontes

30
Jun 12

O trajecto de hoje trouxe-me de Cracóvia para Berlim. Foi uma condução sem demoras nem dificuldades.

 

Ao fim do dia, vagueei pelo bairro de Kurfurstendamm, na zona berlinense de Charlottenburg, com as suas esplanadas cheias de gente e os prédios do final do século XIX a embelezar as avenidas.

 

Numa discussão com um observador atento da realidade política da capital, fiquei ciente que os alemães não pensam que a crise também lhes toca. Para eles, é um problema do Sul da Europa. Uma questao de certo modo distante, mas que os preocupa, pois os bárbaros estão ja dentro do império, ou seja, por saberem que mais euros "alemães" vão ser emprestados aos países deficitários. Essa é a maneira de ver a crise, como um problema dos outros, mas que incomoda.  

publicado por victorangelo às 21:08

twitter
Junho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


17

27


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO