Portugal é grande quando abre horizontes

02
Jul 12

Continuo em Charllotenburg, que é um bairro desafogado de Berlim. Fui jantar, há momentos, num restaurante italiano, que serve os seniores endinheirados da zona. Quatro ou cinco italianos, a falar meio alemão, meio a língua deles, tudo muito "relaxe", tomam conta do estabelecimento.

 

Como a minha mesa era composta por gente vinda de fora, não houve factura, a conta foi feita à mão, numa folhita de papel, nada de impostos ou IVA, tudo muito à vontade, a três quilómetros do gabinete de Angela Merkel.

 

Fiquei a pensar que afinal Berlim não fica muito longe de Atenas, Palermo ou Trancoso...  

publicado por victorangelo às 20:21

twitter
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
18




subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO