Portugal é grande quando abre horizontes

04
Jul 12

Há algum tempo que não escrevo sobre a realidade portuguesa, mas hoje quero dizer, de modo bem claro, que Relvas perdeu o pouco de credibilidade que lhe restava. A sua continuação como ministro é um erro que vai pesar forte na apreciação política que se deve fazer do primeiro-ministro. 

 

Em matéria de governação, erros deste tipo, quando são finalmente reconhecidos por quem tem o dever de agir, acabam por ser amargos de boca duradoiros. 

publicado por victorangelo às 20:58

twitter
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
18




subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO