Portugal é grande quando abre horizontes

16
Jul 12

A Visão on line já disponibilizou o texto que escrevi para o número de Quinta-feira passada. O link é:

http://visao.sapo.pt/o-equador-do-medo=f674803

 

 

Entretanto, parece que não é desta vez que a Guiné-Equatorial vai passar a ser membro da CPLP. Tanto melhor.

 

A Guiné-Equatorial aqui há uns anos havia "namorado" a francofonia. Inscrevera o francês como "língua oficial", na chamada "Constituição " do país. O francês lá continua, agora com o português também a par. Mas, na verdade, os equato-guineenses falam um castelhano de puristas, uma espécie de idioma dos seminários do século XVIII, os mais educados, claro. Os outros falam as línguas bantos da região. 

 

Mas o problema não tem que ver com o uso do idioma português. É um problema de má governação sem regras, uma ditadura do medo ao serviço do presidente e da sua família. 

 

Na CPLP já há famílias de cleptocratas que cheguem. 

publicado por victorangelo às 21:51

twitter
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
18




subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO