Portugal é grande quando abre horizontes

25
Jul 12

Há cerca de quatro semanas, a administração eleitoral da minha zona de residência, em Bruxelas, escreveu-me para me lembrar que, enquanto cidadão da UE, tenho o direito de me inscrever na lista de eleitores e para me convidar a fazer o registo. Dizia-me, ainda, que as próximas eleições autárquicas terão lugar a 14 de Outubro e que, se me inscrever como eleitor, terei a obrigação de votar. Quem está inscrito não pode faltar, no dia do escrutínio.

 

Acabei por me inscrever. Hoje. Antes, havia visto que apenas cerca de 17% dos europeus residentes na Bélgica se inscrevem como eleitores. É uma percentagem muito baixa. Não corresponde ao espírito que deveria animar a construção europeia. Põe, além disso, em causa, um direito político: os direitos que não são utilizados acabam por se tornar vulneráveis. Por isso tomei a decisão que tomei. Irei votar.

publicado por victorangelo às 20:20

twitter
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
18




subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO