Portugal é grande quando abre horizontes

04
Dez 12

Fui o orador que encerrou o congresso da Universidade Nova de Lisboa sobre Segurança e Democracia. O objectivo de hoje era o de discutir o novo projecto de Conceito Estratégico de Segurança e Defesa Nacional.

 

Considero que Bacelar Gouveia, catedrático de direito da Nova, teve uma boa ideia ao organizar este congresso. Reuniu um bom número de oradores. Claro que cada orador disse o que quis. Mas assim é a academia.

 

O primeiro palestrante de hoje foi o Eng. Ângelo Correia, antigo ministro da Administração Interna e padrinho político de Passos Coelho. Falou durante quarenta minutos e disse uma série de coisas estranhas, ideias erradas, muita coisa incompreensível. Falou pelos cotovelos, repetiu-se várias vezes, propôs coisas que não fazem sentido no mundo de hoje nem têm em conta a experiência de outros, na UE.

 

Fiquei a pensar. Se foi gente desta que chegou ao poder, nos anos 80 e 90, e dominou a política nacional, então é mais fácil compreender as razões da crise actual que vivemos. 

publicado por victorangelo às 22:07

twitter
Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


23



subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO