Portugal é grande quando abre horizontes

16
Fev 13

Dizia-me hoje um amigo, observador atento e honesto da realidade portuguesa: “Nunca estive tão pessimista!”.

 

Que poderia eu responder?

 

Disse-lhe: “Olha, António, a procissão ainda só vai no adro. Lembra-te disto que agora te digo, dentro de seis meses. E veremos então quem vaticinou bem…”

 

Ficou ainda mais pessimista, acreditem.

 

E eu fiquei a pensar que o pessimismo só conduz a mais pessimismo. Não é solução.

 

É melhor pensar noutras alternativas. 

 

De acordo?

 

publicado por victorangelo às 21:52

twitter
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO