Portugal é grande quando abre horizontes

06
Mar 13

Estive na assembleia geral anual da Associação das Nações Unidas da Bélgica (APNU). Trata-se de uma das duas associações de apoio às actividades da ONU e de divulgação junto da sociedade civil dos grandes temas que preocupam o sistema das Nações Unidas. Ambas são organizações de cidadãos, jovens e de todas as idades. A APNU congrega a parte francófona do país. A outra, conhecida pelas iniciais VVN, reúne os associados de língua flamenga. A cooperação entre ambas é bastante boa, embora se trata de organizações independentes e com dinâmicas muito diferentes.

 

A APNU tem um orçamento anual de pouco mais de 8000 Euros. Com esta quantia irrisória, consegue organizar várias palestras públicas por ano, dar a conhecer a ONU, de modo sistemático, nas principais escolas de Bruxelas, ter duas células de apoio, uma na Universidade Livre de Bruxelas e outra na Universidade Católica de Lovaina, e manter um sítio internet actualizado. Leva a cabo, além disso, sessões regulares de cinema, com filmes comerciais que são depois debatidos por especialistas na matéria em causa. E ainda ajuda jovens estudantes a encontrar apadrinhamentos financeiros que lhes permitam ir visitar as sedes das agências da ONU. 

 

O segredo de tudo isto é o trabalho voluntário dos seus associados. Gente empenhada em fazer coisas, sem qualquer tipo de remuneração ou proveito pecuniário.

 

Na assembleia de hoje, havia necessidade de preencher dois dos dez lugares no Conselho de Administração da APNU – lugares que acarretam trabalho e dedicação, sem compensação monetária – e surgiram quatro candidatos voluntários. Tudo gente com emprego, com coisas para fazer, mas que não se importa de fazer um esforço suplementar, por achar que a causa vale a pena.

 

Assim funciona uma sociedade civil forte. 

publicado por victorangelo às 20:46

twitter
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13
16





subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO