Portugal é grande quando abre horizontes

19
Mar 13

No seminário da P.S.P. da semana passada propus a seguinte definição de Segurança Nacional:

 

Capacidade sistémica de protecção dos cidadãos, incluindo os seus direitos e liberdades, bem como da integridade do território, dos interesses vitais da nação, das instituições democráticas e da posição estratégica do país na comunidade das nações.  


Acrescentei que a definição que proponho:

 

•  Deve ser encarada com um sistema de capacidades, implicando vários instrumentos de poder: militares e civis, incluindo a diplomacia.

 

•   Diz essencialmente respeito aos residentes no território nacional.

 

•   Admite um certo grau de responsabilidade – partilhada – quanto aos cidadãos nacionais que vivem no estrangeiro.

 

•   Necessita de um acordo amplo sobre como entender os nossos interesses vitais.

 

•   É uma obrigação constitutiva do Estado, uma prioridade suprema.

 

•   É um conceito “vivo”, que evolui com o tempo e que por isso precisa de ser revisto periodicamente.

publicado por victorangelo às 21:31

twitter
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13
16





subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO