Portugal é grande quando abre horizontes

09
Abr 13

A comunicação social portuguesa está em crise, como vários outros sectores da economia portuguesa. Os anúncios publicitários são cada vez menos. E as agências de publicidade que compram espaço nos jornais e nas televisões têm conseguido impor tarifas muito abaixo do que era usual. A concorrência entre os órgãos de comunicação social é hoje mais severa que nunca.

 

Neste clima, cada um tenta explorar ao máximo cada oportunidade que surja. O comentário extremo, a notícia alarmante, a “novidade” cujo fundamento não foi confirmado, tudo serve para criar títulos apelativos e tentar captar audiências. Numa situação destas, a imprensa cai facilmente em ciladas, fica mais vulnerável à instrumentalização por forças próximas do governo ou das oposições, deixa-se arrastar na onda de radicalização da vida politica que está em curso. 

publicado por victorangelo às 21:03

twitter
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO