Portugal é grande quando abre horizontes

23
Out 13

Volto à questão da retórica política que actualmente prevalece na praça pública portuguesa. Está profundamente inflamada, o que revela um estado de descontrolo que não é bom para o país, nem internamente nem na frente externa. Dir-se-ia que uma parte importante dos actores políticos e dos fazedores de opinião alcançaram um nível de exaltação que os impede de ver claro e com serenidade. A verdade é que eles já tinham muitas dificuldades em ver as coisas como elas são. Agora, fora de si e sem tino para descortinar as alternativas possíveis, tornaram-se perigosos. É o futuro de todos nós que está a ir ao fundo, por falta de líderes capazes de manter a calma e de trabalhar em ambientes complexos.

 

Hoje, mais do que até agora, o país está em crise profunda. A crise é verdadeiramente séria quando as lideranças nacionais ficam cegas e irracionais.

 

E não falo em casos concretos, que isso seria baixar o nível deste blog e reduzi-lo à loucura dos protagonistas que viesse a citar. Deixo ao leitor a ligação do que aqui escrevo aos casos reais a que infelizmente assistimos.

publicado por victorangelo às 20:57

twitter
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13

21



subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO