Portugal é grande quando abre horizontes

05
Abr 14

O escândalo BPN continua na ordem do dia, apesar de se arrastar, sem solução, há seis anos. Visto de fora, através dos olhos das embaixadas estrangeiras em Portugal e dos grandes grupos económicos e de segurança que observam o que se passa no nosso país, a incapacidade de solucionar esta falência fradulenta aparece como um indicador do subdesenvolvimento institucional do nosso país, que permite que interferências políticas impeçam a resolução de um problema de grande gravidade.

 

Num outro país da UE, há muito que haveria gente a cumprir penas efectivas de prisão. E outros que se teriam demitido das funções oficiais ou públicas que exercem.

publicado por victorangelo às 22:06

 

 

 

Copyright V. Ângelo

 

Comecei o passeio matinal de hoje de câmara na mão. Aqui, a dois passos de casa.

 

E lembrei-me da senhora deputada ao Parlamento Europeu (PE) que publicou uma foto da vista para o lago, de sua casa, e que lamentou ter que abandonar Bruxelas em breve. O líder do seu partido, que em política quem manda são os líderes dos partidos, não a seleccionou como candidata para a próxima volta no PE.

 

Na verdade, Bruxelas, para quem pode, é uma cidade muito confortável. Com bons parques e uma tranquilidade de vida que não se compara com muitos outros sítios.

 

Mas a política é assim. Manda quem manda, o resto é paisagem.

 

 

publicado por victorangelo às 13:07

twitter
Abril 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15

23
25



subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO