Portugal é grande quando abre horizontes

04
Fev 15

Convém lembrar que há várias maneiras de servir os interesses do nosso país. Ser candidato, embora nesta fase, silencioso, ao lugar de Secretário-Geral da ONU é uma delas. Por isso, acho que se deve apoiar o candidato português. Que ainda por cima tem sérias hipóteses de conquistar o lugar, acrescento eu. Embora também reconheça que vai haver uma campanha muito forte, ao nível internacional, para que o próximo chefe da organização seja uma mulher.

publicado por victorangelo às 16:24

twitter
Fevereiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11

17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO