Portugal é grande quando abre horizontes

02
Jun 15

Alguém me dizia hoje em Genebra, que a Constituição Portuguesa está inspirada num modelo dirigista e intervencionista que não se enquadra na maneira actual de ver as coisas, que prevalece na UE. É uma constituição, acrescentou o meu interlocutor, que ainda acredita que o Estado deve ser o principal actor económico. Ou seja, é a única constituição, na Europa, que continua inspirada numa visão marxista da sociedade e da economia. Para rematar, referiu que o nosso país é um caso singular em termos de peso eleitoral de forças políticas, como o Partido Comunista e certas formações da Esquerda radical, que no resto da Europa já passaram à história.

Resumi a minha resposta a uma frase bem curta: é a originalidade portuguesa. E expliquei as nossas circunstâncias históricas. Com cuidado, pois não queria ser entendido como quem está a dizer, é a nossa sina.

publicado por victorangelo às 20:31

twitter
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


25
26
27

28


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO