Portugal é grande quando abre horizontes

02
Ago 15

Ontem a minha neta, com a sabedoria dos seus cinco anos, lembrou-me de modo inequívoco, que as promessas são para se cumprir. Aquilo que eu pensava ser uma maneira simples de a convencer que estava na hora de ir dormir, prometendo algo que parecia inofensivo mas que para ela era importante, acabou por se transformar numa lição política. E fiquei a matutar, depois do incidente, que, mesmo quando se trata de gente com cinco anos de idade, é melhor prometer apenas aquilo que de facto se tem a intenção de levar a cabo.


Nesta altura de promessas eleitorais, em que se promete mundos e fundos, seria bom que os nossos políticos passassem um pouco mais tempo a interagir com crianças de idade pré-escolar.

publicado por victorangelo às 15:39

twitter
Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO