Portugal é grande quando abre horizontes

14
Jan 16

Para quem trata de questões internacionais, as duas primeiras semanas de 2016 trouxeram toda uma série de desafios e de ameaças muito sérias. Têm igualmente servido para nos lembrar que um bom líder não entra em pânico nem se impacienta em público. Dá, isso sim, uma impressão de calma. Projecta confiança. Sabe que precisa de ser visto como capaz de fazer frente aos acontecimentos. Caso contrário, cai-se na confusão, que é a resposta mais fácil perante acontecimentos como os que estamos a viver.

publicado por victorangelo às 19:53

twitter
Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
19

24
30



subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO