Portugal é grande quando abre horizontes

02
Dez 10

Os telegramas diplomáticos norte-americanos, divulgados ao longo da semana, continuam a fazer os títulos da imprensa mundial. O que está a acontecer é uma verdadeira revolução nas relações internacionais. As análises do futuro vão ganhar em prudência e profundidade, mas irão perder, em termos de franqueza.

 

No caso português, a procissão ainda só vai no adro. Ou talvez até ainda não tenha saído da igreja.

 

Vai ser preciso gerir a situação com muita sabedoria e cabeça fria. Será possível?

publicado por victorangelo às 21:31

Não sei que outra opção tinha o governo português senão autorizar os voos da cia. Não podiam dizer nao aos EUA, a um aliado. Embora discorde das atitudes americanas dos tempos de Bush.

Quanto ao governo mentir no parlamento sobre este assunto confidencial. O Governo não pode tornar publicos certos segredos de estado, sobretudo na assembleia da republica.
Jogos a 2 de Dezembro de 2010 às 22:34

Este comentário abre um debate interessante que é o de saber como tratar de assuntos que são segredo de Estado na Assembleia da República.

Quais são os mecanismos que permitem, ao mesmo tempo, guardar secreto o que deve permanecer secreto e por outro lado, dar o respeito à AR que lhe é devido?

Aqui deixo a questão.

VA
victorangelo a 3 de Dezembro de 2010 às 07:27

twitter
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO