Portugal é grande quando abre horizontes

14
Jun 11

As estradas do Luxemburgo, durante as horas de ponta, são um inferno. Fazia-se, hoje, uma média de 12 km por hora na autoestrada que saía da capital com destino à Bélgica. As vias secundárias estavam, de igual modo, saturadas. Não havia por onde escapar.

 

A gestão do trânsito automóvel é um dos grandes quebra-cabeças do mundo de agora, quer num país rico como o Luxemburgo quer em Freetown, na Serra Leoa.

publicado por victorangelo às 20:52

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


twitter
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO