Portugal é grande quando abre horizontes

19
Out 08

 

Hoje visitei o mercado de gado de Karme', 150 km a Leste da capital do Chade.  A fotografia do post anterior da' uma ideia da intensa actividade comercial que ocorre nas areias remotas desse mercado.
 
Mas a verdade e' que para um Português de agora e' difícil ver camelos e desertos e não pensar nos Ministros da nossa Governação, em particular, nos da Economia e Obras Públicas, para citar apenas dois exemplos de ineptidão política extrema.  Eles ficarão, enquanto não caírem no esquecimento que se seguirá  'a sua saída do governo, na memória de todos nós  como exemplos de casmurrice, de arrogância sem sentido, de vistas curtas e pouco elaboradas, simples, sem grandes rasgos de velocidade intelectual.
 
São imagens que se associam aos camelos, pobres bichos. Mas o deserto, como a politica, e' feito de imagens e miragens.
 
As únicas diferenças são que os camelos procuram levar uma vida modesta, contentando-se com o que vai aparecendo pela sua frente,  e podem passar muitos dias sem beber.
 
E o patrão dos animais, como todo o homem do deserto, vive no seu mundo 'a parte, altivamente ensimesmado em si próprio, alheio e perdido nos trilhos que que conduzem aos areais sem fim..
 
 
 
 
 
 
 
publicado por victorangelo às 19:28

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


twitter
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15

21
23



subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO