Portugal é grande quando abre horizontes

17
Nov 11

Volto a escrever, na Visão que hoje foi posta à venda, sobre as grandes questões do futuro.

 

Mas também acrescento um parágrafo sobre Portugal e a sua falta de vistas largas.

 

Vejam, por favor, o site: 

 

http://aeiou.visao.pt/vistas-largas=f633846 

 

Dois leitores já comentaram o texto, com muita pertinência.

 

Quem mais vai acrescentar umas palavras de reflexão?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por victorangelo às 20:37

Caro VA
Do seu lúcido artigo publicado na Visão depreende-se que todos vivemos na mesma casa e que se não cuidarmos dela um dia virá abaixo. Nessa casa há condicionantes que fogem ao nosso controle e aí resta-nos conseguirmos adaptarmo-nos com o menor número de custos. Mas há factores que apenas dependem da nossa vontade e da nossa acção. Nesse vasto campo está a sua conservação solidária. Só quando abandonarmos os egoísmos e a visão limitada do salve-se quem puder, como muito bem assinala, podemos salvar a casa comum. Se continuarmos na mesmo caminho de interesses imediatos a casa acabará por cair, tal torre de Babel. E com ela cairemos todos nós. É preciso continuar esta luta pedagógica pelo nosso futuro.
Cumprimentos,
MG
Naçao Valente a 18 de Novembro de 2011 às 20:49

twitter
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


23

30


<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO