Portugal é grande quando abre horizontes

15
Jan 12

Passei a manhã em Malines, a cerca de 25 quilómetros de Bruxelas. Sair da capital em direcção ao país flamengo é como ir ao estrangeiro. Tudo é muito diferente. Há mais infra-estruturas, mais cuidado com o que é público, mais atenção à beleza das coisas, mais orgulho nas tradições.

 

Em Malines, uma boa parte da população estava na praça principal, para ouvir música e partilhar uns copos de vinho aquecido, quente, mesmo. Esta bebida, amigos, é uma coisa intragável, que o pessoal daqui gosta de saborear. Cai bem na altura do frio. 

 

Pensei, talvez fosse um bom negócio promover o vinho português quando se trata deste tipo de acontecimentos. Temos vinho de boa qualidade. Só não temos é quem o promova. Receio que os delegados comerciais da AICEP não conheçam a Bélgica para além do bairro diplomático e do cento de Bruxelas. 

 

publicado por victorangelo às 19:58

twitter
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

19


30


<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO