Portugal é grande quando abre horizontes

09
Jul 12

Habituámo-nos a não ver o que nos entra pelos olhos dentro. 

 

As notas dos alunos do secundário, em disciplinas tão fundamentais como a língua portuguesa e a matemática, são um exemplo disso. As médias mostram claramente que, em Portugal, o ensino não funciona, nem os pais se preocupam, que as novas gerações não estão devidamente preparadas em áreas do saber que são fundamentais, que estamos a construir um país de gente incapaz de competir na sociedade global. Mas ninguém quer ver isso. Achamos normal. Somos um povo que deixa andar.

 

Como também não queremos ver que o péssimo funcionamento do sistema público de educação é o maior contributo para as desigualdades sociais de amanhã. Os filhos de quem ainda tem dinheiro frequentam escolas privadas de qualidade. Os outros, andam por aí, a arrastar as botas em estabelecimentos que não funcionam. Assim se constrói uma sociedade desigual. Assim se acumulam os problemas sociais.

 

Contudo, parece que não queremos ver...

publicado por victorangelo às 19:53

twitter
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
18




<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO