Portugal é grande quando abre horizontes

09
Nov 08

Portugal precisa de mais diálogo social e político.

 

A manifestação pública dos professores, que ontem mobilizou a classe de uma maneira que impressionou todos os observadores imparciais, veio mostrar que há um défice de diálogo e de bom senso na nossa sociedade.

 

Não nos podemos ancorar a posições extremas, em que um lado tem toda a razão e o outro e' senhor de todos os erros. Não se constrói um país melhor assim, com posições inflexiveis e acusações mútuas.

 

É necessário encontrar um corpo de árbitros sociais, de gente sábia e independente, que ajude na resolução dos grandes conflitos sociais. 

 

O parlamento, cheio como esta' de gente do yes-man, não pode desempenhar esse papel. Os tribunais não têm vocação para esse tipo de conflitos. E os órgãos de concertação social andam a brincar aos sonâmbulos públicos, ou, por vezes, aos circos políticos.

 

Há por isso que criar um corpo nacional de voluntários de grande prestígio, personalidades que já fizeram a sua vida, dispostas a ajudar as partes em conflito a chegar a um compromisso, neste caso dos professores e noutros.

 

Ganharíamos todos.

 

publicado por victorangelo às 21:06

twitter
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

17




<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO