Portugal é grande quando abre horizontes

16
Nov 08

Com a greve da Air France em pleno voo, acabei por passar a noite e o dia de hoje dentro de aviões e a saltitar de aeroporto em aeroporto. O que seria uma viagem de seis horas, demorou dezoito.

 

Os pilotos não querem que a idade da reforma passe para os 65 anos. Compreende-se, no que respeita aos pilotos mais velhos, acima dos 55, que tem estado a construir os últimos anos das suas carreiras com base numa reforma a curto prazo.

 

Mas os pilotos mais jovens terão que entender a que a sua geração pertence a um mundo diferente, que estará mais baseado na utilização da tecnologia, no conhecimento, e menos no esforço físico. E que as condições económicas, na Europa, estão a mudar rapidamente, devido ao aparecimento de novos actores emergentes nos mercados mundiais. A Europa esta' a mudar muito rapidamente. Tem grandes desafios pela frente.

  

O ideal seria aumentar a idade da reforma gradualmente. Para quem esta' no grupo etário 55-59, o aumento deveria ser de apenas um ano. Para o grupo 50-54, dois. E assim sucessivamente, de modo que fosse apenas a geração mais júnior que viesse a ser abrangida pelas novas medidas.

  

Este método teria não só a vantagem de tratar diferentes grupos de idade diferenciadamente. Seria igualmente uma maneira de fazer com que os vários níveis de antiguidade vissem a necessidade da greve de uma maneira diferente. Alguns acabariam por pensar duas vezes... 

 

É que para além de tudo o mais, a greve não vai ajudar a consolidar o futuro da companhia...


Os Europeus vão ter que pensar num quadro de vida diferente...Não estão sozinhos no mundo, que e' cada vez mais global...
 
 
 

 

publicado por victorangelo às 19:38

twitter
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

17




<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO