Portugal é grande quando abre horizontes

11
Abr 13

Voltando ao tema de ontem, o da loucura perigosa que diz “não pagaremos!”, queria acrescentar uma nota mais. Sobre uma falácia perigosa, que é a da “ida ao mercado”, à procura de fundos, fora dos empréstimos da Tróica.

 

Com a dívida pública portuguesa classificada como “especulativa” – “lixo” na linguagem mais comum – pelas agências de notação, os únicos a ir ao mercado connosco, para adquirir títulos do Estado português, serão os investidores de fundos especulativos, do tipo comprar hoje para vender amanhã.

 

Os investidores institucionais, de longo prazo, como os fundos de pensões e os bancos não estão autorizados por norma a comprar dívida pública como a nossa, tipo “lixo”. E não o fazem, sobretudo depois das experiências da Grécia e de Chipre. Mais. Estatutariamente, pelas regras dos investimentos institucionais, têm que se desfazer rapidamente dos títulos de dívida portuguesa de que ainda possam ser detentores. É isso que têm estado a fazer nos últimos tempos. Chama-se a isso deixar de estar exposto ao risco que Portugal representa. Que é considerado enorme.

 

Ou seja, a ida aos mercados, enquanto as coisas não mudarem, fará pouco sentido. Pode ser apresentada pelo governo como um sucesso. Mas não o será, se não for acompanhada por uma revisão da nossa notação. Estranho que ninguém responda isso ao governo.

 

Que fique bem claro, então, que as nossas necessidades de financiamento de médio e longo prazo estão dependentes da nossa relação com a Tróica. Que deve ser firme e, ao mesmo tempo, previsível e feita com seriedade.

 

Quem diz, “não pagaremos!”, não sabe o que diz ou então, como disse ontem e repito hoje, é um incendiário. E todos os incendiários são criminosos.

 

 

publicado por victorangelo às 21:28

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


twitter
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO