Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vistas largas

Crescemos quando abrimos horizontes

Vistas largas

Crescemos quando abrimos horizontes

É possível!

Leio nas palavras de amigos um aprofundar do desânimo em relação à situação em que se encontra o nosso país. E um sentimento de impossibilidade como quem não tem poder para alterar o curso dos eventos. Tudo isto acompanhado de uma fúria silenciosa, dirigida sobretudo para os que estão na governação.  Como se tivesse deixado de haver esperança. São sinais de uma crise nacional muito séria. Não o reconhecer seria um erro grave. Mas não podemos ficar apenas pelo reconhecimento de que existe uma crise. É preciso resolvê-la. E a solução passa por todos nós e pelas nossas circunstâncias. Estas incluem a nossa presença no euro e na Europa. Quem advoga a saída, está equivocado. Fora da EU e do euro, ficaríamos mais isolados, menos atraentes em termos de investimento, mais entregues às elites tradicionais do nosso país, que são, em geral, uma desgraça. O desafio é o de dar a volta à crise dentro do euro e da Europa. Aproveitando, é verdade, as nossas relações com outras partes do mundo, incluindo Angola, Moçambique, Brasil, a América do Sul e o Norte de África, Marrocos, sobretudo. É um desafio possível. É tudo uma questão de liderança política e de mobilização dos nossos esforços e do nosso saber. Olhando para a frente e não para trás. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

<meta name=

My title page contents

Links

https://victorfreebird.blogspot.com

google35f5d0d6dcc935c4.html

  • Verify a site
  • vistas largas
  • Vistas Largas

www.duniamundo.com

  • Consultoria Victor Angelo

https://victorangeloviews.blogspot.com

@vangelofreebird

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D