Portugal é grande quando abre horizontes

23
Fev 09

 

Os mais de 70000 novos desempregados registados em Janeiro talvez não tenham a mesma visão optimista que o Senhor Primeiro-Ministro tem vindo a defender, como solução para a crise.

 

O Senhor diz que o pessimismo não cria emprego. Conviria agora acrescentar que o optimismo também não parece levar-nos  muito longe.

 
Ou seja, e' altura de sair destas conversas chochas e pensar a sério nas soluções possíveis. Incluindo o apoio 'as pequenas e médias empresas, e ao auto-emprego.
 

 

publicado por victorangelo às 21:47

o problema do nosso país, tal como em italia, é a CORRUPÇAO... os políticos n vao p lá por se preocuparem sinceramente c o bem comum, mas por pura vaidade e egoísmo e no seus próprios interesses mundanos... n é a imagem do país q tá em causa, mas a sua imagem perante si mesmos... os politicos sao os mais egoistas entre nós... n há excepçoes a esta regra... normalmente atingem o lugar q ocupam por "tachos" e favores... esperteza no seu estado puro... depois, p encobrirem a sua deprimente falha de capacidade p conduzir um barco, q por acaso comporta um povo inteiro, atiram as culpas ou p os antecessores ou p o próprio povo q os elegeu, c acusaçoes psicológicas, por ex, de q é inertes, pessimista, etc, manipulando o inconsciente dos eleitores como se se tratassem de AUTÓMATOS q apenas serviram p lhes dar o pedestal... q falta de dignidade, q vergonha... a política, como se já n bastasse ser um jogo, tornou-se um jogo sujo, indecente!..
Isa_ a 24 de Fevereiro de 2009 às 00:22

inerte*
Isa_ a 24 de Fevereiro de 2009 às 00:23

Há cerca de um ano, talvez mais, li na 1ª página de um jornal diário que o "atraso português" se devia à fraca qualificação dos trabalhadores portugueses. Pouco tempo depois leio nas páginas INTERIORES, lá num cantinho, de um suplemento económico que estudo de organismo estrangeiro concluíra que o "atraso português" se devia (não lembro exactamente o adjectivo) deficiente (?) medíocre (?) fraca (?) liderança das ELITES económicas. Os tais gestores mais bem pagos da Europa? (Exceptuando o Reino Unido).
Já agora lembro que mais ou menos na mesma altura se publicou a média do rendimento dos gestores europeus. Só fixei apenas estas: Alemanha 180.000€ anuais, Espanha 250.000, Portugal 270.000 e RU 750.000.
Lembro também declarações de porta voz da ANJE (associação nacional de jovens empresários) dizia então o génio da gestão: «o salário minímo actual» (antes da recente actualização)« não é justo pois devido às fracas competências de alguns trabalhadores aquele salário não se justifica.»
Fulano a 25 de Fevereiro de 2009 às 10:46

twitter
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9




<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO