Portugal é grande quando abre horizontes

26
Jul 10

O blog  www.wikileaks.org publicou uma grande quantidade de documentos secretos, pertencentes à administração norte-americana, sobre a campanha militar e a situação no Afeganistão. Os documentos mostram que a realidade da guerra é bem mais feia e difícil de aceitar do que o que fora contado pelas fontes oficiais até agora. Em certa medida, alguns documentos parecem indicar que crimes de guerra têm sido cometidos com impunidade. Revelam também o papel subversivo dos serviços secretos paquistaneses, um tema que já foi objecto de um artigo que escrevi em 2009 na Visão.

 

Penso que esta divulgação vai ter consequências muito sérias em várias frentes. Ainda é cedo, de momento, para se perceber o alcance da revelação destes documentos secretos. Creio, no entanto, que a verdade faz bem à política. Fará, estou convencido, acertar o passo a muitos.

publicado por victorangelo às 22:37

29
Jan 10

 

Ainda estou por aqui. Quem diria? A custo, mas estou. Para mais, o meu artigo desta semana, na VISÃO, é sobre o Afeganistão, a União Africana e a pretensão chamada Davos.

 

Dizem que vale a pena ler.

 

O editor on-line demorou algum tempo antes de disponibilizar o texto para os leitores que se servem da Net. Mas acabou por chegar. O homem disse que estava muito ocupado. Acredito. Também eu ando muito ocupado. E o mundo, que ocupado está! É esse, aliás, o título do meu trabalho.

 

http://aeiou.visao.pt/um-mundo-muito-ocupado=f546129

 

Está tudo bem?

publicado por victorangelo às 20:40

28
Jan 10

 

Passei algum tempo, esta tarde, a falar ao telefone com o A. Guterres. A determinada altura disse-lhe que, se ele vier em Março à África Central, como está a planear, será muito provável que eu já não esteja nas paragens. Reformado. Sim, sentado num banco de jardim, no Restelo. Sem estar a olhar para Belém, não hajam equívocos.

 

Não queria acreditar. Como seria possível deixar um emprego como o meu? Depois percebeu que as minhas décadas com a ONU não foram passadas a resolver a crise da Islândia ou o separatismo no Québec. Nem a partição de Chipre, acrescentei eu. Foram vividos no meio de conflitos mais ferozes, vidas mais ásperas, ambientes de grande tensão. Ou seja, talvez já seja tempo de procurar climas mais amenos e passar o tempo com disputas mais caseiras, do género dos sucateiros da nossa terra.

 

Entretanto o meu amigo Staffan de Mistura, um homem mais velho do que eu, foi nomeado como representante especial para o Afeganistão. Tenho amigos que não conseguem parar, sair desta vida de homens dos sítios impossíveis. Cada um sabe de si. É verdade que o Afeganistão é um desafio muito tentador. Mas há outros, bem mais perto de casa. Basta pensar nos "afeganistães" que são certos bairros da periferia de Lisboa.

 

publicado por victorangelo às 20:31

01
Dez 09

 

Um dia em cheio, para quem segue os assuntos internacionais. Dia Mundial de Luta contra a Sida. Nunca é demais falar na Sida. Conheço muita gente que vive os seus efeitos ao quotidiano. É um inferno. E um assunto de grande complexidade. Entrada em vigor do Tratado de Lisboa, com celebrações que ficaram marcadas pela ausência dos principais governantes europeus. Fim da Cimeira Ibero-Americana, com muita divisão sobre as Honduras e pouca substância, uma espécie de reunião só para a fotografia. A decisão de enviar mais 30 000 soldados americanos para o Afeganistão. Uma decisão difícil e de custos elevados. Uma guerra com uma estratégia que precisa urgentemente de ser revista. 

 

Depois, vieram os números mais recentes sobre o desemprego na UE. Um drama. Portugal continua a ver o desemprego aumentar. Os jovens europeus de menos de 25 anos são as principais vítimas do desemprego. A saída da crise a continuar sem saída. Uma crise de sistema que os senhores dirigentes apelidam pudicamente de crise financeira. Se fosse apenas uma questão de finanças...

 

E por falar nisso, o Euro está cada vez mais sobrevalorizado. Não se compreende que ninguém fale no assunto, mostre preocupação. Ora, é uma questão bem séria, com profundas implicações no futuro da economia da Europa.

 

O que continua por valorizar é o caso Face Oculta. Ou melhor, há quem o queira desvalorizar. Mas é um assunto de muito peso. Muito grave.

 

Finalmente, uma palavra caseira, com os pés assentes na terra. Descobri hoje o Jornal de Leiria, um semanário de valor e conteúdo. Que reproduz bem a riqueza da região. Faz bem à alma ver que certas regiões do país mantêm, apesar de tudo e de não estarem nas graças de quem manda, um dinamismo exemplar. 

publicado por victorangelo às 21:45

26
Nov 09

 

Escrevo hoje na Visão on-line sobre algumas das zonas mais complicadas do globo.

 

http://aeiou.visao.pt/uma-volta-rapida-pelo-mundo=f538113

 

Apraz-me registar que os meus textos são lidos com cuidado em vários gabinetes. Por gente do ofício e com responsabilidades políticas. Mas não só. Pessoas como todos nós também se interessam, o que muito me agrada.

 

Os textos são, muitas vezes, testemunhos de experiências vividas. Outras vezes, são uma maneira de falar sobre assuntos próximos de nós, mas sem mencionar o nome da nossa terra. Uma reflexão para alargar os horizontes, que alguma falta faz, diga-se a verdade.

 

 

 

publicado por victorangelo às 21:42

23
Out 09

 

Voltei a escrever sobre o Afeganistão, na Visão desta semana. Contra a política do modelo único, importado do Ocidente. Contra a filosofia da força e da confrontação. A favor da mediação, dos acordos políticos, de um outro tipo de legitimidade em matéria de governação.

 

O texto está disponível no sítio:

 

http://aeiou.visao.pt/contra-a-filosofia-do-martelo=f534215

 


Ficaria muito grato se escreverem uma ou duas linhas de comentários, na página da Visão.

 

Sou um escrivão que escreve para abrir o debate.

publicado por victorangelo às 21:40

17
Out 09

 

O meu texto da  Visão on-line desta semana é claro como a água que se encontra a um metro de profundidade nos rios secos do deserto.

 

Penso que é dos meus melhores escritos, sobre um tema explosivo: eleições no Afeganistão, um país que não reune as condições mínimas para que se possa conduzir um processo eleitoral com credibilidade.

 

Está disponível no sítio:

 

http://aeiou.visao.pt/vitimas-do-presente=f533157

 

publicado por victorangelo às 17:59

twitter
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13

18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

29
30


<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO